Dr. Alberto Silva Franco

A notícia da criação do Instituto Eduardo Correia deve ser recebida com enorme euforia. Antes de tudo porque se trata de um novo Instituto que cuidará,  neste Brasil tão pobre de iniciativas nessa direção, da matéria penal, com seus  fundamentos constitucionais e seus desdobramentos dogmáticos e tal fato merece uma saudação especial. Depois porque  o novo instituto está  intimamente ligado ao nome do Prof.Eduardo Correia que, sem nenhuma margem de dúvida, foi o grande Mestre, revolucionador do Direito Penal português, e que criou, na Faculdade de Direito de Coimbra,  uma verdadeira escola penalística, cuja importância pode ser medida através   de seus inumeráveis discípulos,  – Professores Jorge de Figueiredo Dias, Manoel da Costa Andrade, José de Faria Costa, Anabela  Miranda Rodrigues e Maria João Antunes – e ainda dos discípulos desses  discípulos. Trata-se de uma homenagem merecida, digna dos maiores encômios. Por último, – e de importância não menos significativa–, deve ser posto em destaque o intento do Instituto Eduardo Correia de congregar todos os brasileiros que tiveram a oportunidade de  adquirir os títulos de  Doutores e de Mestres na Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra.  Tal reunião, que já se tardava, permitirá ressaltar a enorme repercussão que a escola penalística de Eduardo Correia teve e está tendo em terras brasileiras. Desejo, portanto, ao novo Instituto o mais amplo sucesso, tendo segura convicção de que se tornará, no Brasil,  uma poderosa fonte de estudos e de reflexão.

Av. Carlos Gomes, 403 Conj 407/408 - Porto Alegre - RS - Brasil